Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Fenajufe garante NS e essencialidade aos cargos de Analistas e Técnicos em projeto do TJDFT

Projeto de Lei 3662/2021 foi aprovado com duas emendas construídas pela Federação. Nível Superior para Técnicos é uma delas

Fenajufe garante NS e essencialidade aos cargos de Analistas e Técnicos em projeto do TJDFT, SISEJUFE

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na tarde de terça-feira, 29, Projeto de Lei do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), que transforma cargos vagos de Técnicos Judiciários em cargos de Analistas.

O projeto – PL 3662/2021 – é mais um ataque a servidores e servidoras – não só Técnicos, mas toda a Categoria – e desde sua propositura, a Fenajufe tenta impedir o ataque.

Inicialmente, a Federação buscou barrar o projeto pelo potencial danoso e irremediável estrago que imputa à Categoria ao abrir caminho – já tendo a moda sido adotada também pelo STJ – para a destruição de vagas do segmento que hoje é maioria no Judiciário e responsável pela construção do Poder Judiciário que temos hoje ao lado de outros segmentos já extintos.

Paralelamente, articulou o prejuízo um “plano B” e, ao longo dos últimos dias, duas emendas foram construídas com parlamentares da bancada progressista e que têm votado em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras públicos e privados.

A primeira, acolhida pela deputada Celina Leão, trata da essencialidade dos Técnicos e Analistas para a atividade Judicial. Com o dispositivo, o reconhecimento da importância do segmento adquire outra característica e afasta discussões reiteradas sobre o segmento.

A segunda emenda, articulada pelo deputado federal Alencar Santana (PT SP) e proposta e bancada pela deputada Erika Kokay (PT/DF), acrescenta dispositivo para estabelecer o nível superior, como critério para ingressos futuros na carreira de Técnico, no TJDFT:

“Art. XX. O inciso II do art. 8º da Lei 11.416 de 15 de dezembro de 2006, passa a vigorar com a seguinte redação: Art.8º………………………………………………………………………… …………………………………………………………………………………. II. Para o cargo de Técnico Judiciário, curso de ensino superior completo. (NR)”.

 
Erika Kokay elogia e destaca em Plenário, mobilização da FENAJUFE

A deputada federal Erika Kokay (PT/DF) realizou, na noite de terça (29) um pronunciamento no Plenário da Câmara dos Deputados explicitando a importância da aprovação do PL 3.662/2021 no qual estabeleceu a exigência de curso superior para a investidura na carreira de Técnico Judiciário do Poder Judiciário da União (PJU).

A parlamentar enalteceu o momento histórico da votação e a conquista que há muito tempo era uma luta da classe e dos servidores do Judiciário, destacando a articulação das entidades.

A deputada finalizou citando e parabenizando diretamente a Fenajufe.

A matéria segue agora para o Senado onde a Federação continuará o trabalho de pressão em defesa das prerrogativas do segmento e na defesa intransigente dos direitos da categoria.

“A aprovação das emendas construídas pela Fenajufe no projeto do TJDFT, com apoio do Parlamento, reforçam a luta pelo NS, demonstrando a necessidade de valorização no cargo de Técnico na estrutura da carreira do Judiciário Federal”, avalia a coordenadora da Fenajufe e diretora do Sisejufe, Lucena Pacheco.

 

Fonte:Fenajufe

 

Últimas Notícias