Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

É HOJE! ”Enegrecendo a Justiça: para além da política de cotas” será o tema da primeira mesa organizada pelo Sisejufe no Fórum Social Mundial

Atividade virtual será transmitida ao vivo pelo YouTube, com retransmissão de sindicatos parceiros

É HOJE! ”Enegrecendo a Justiça: para além da política de cotas” será o tema da primeira mesa organizada pelo Sisejufe no Fórum Social Mundial, SISEJUFE

O Sisejufe convida a todos e todas para as atividades virtuais do Fórum Social Mundial Justiça e Democracia (FSMJD), que serão realizadas entre fevereiro e abril, com a parceria do Sindiquinze, Sintrajufe-RS, Sindijus-PR e Sindjus-RS. Serão cinco mesas temáticas (veja detalhes abaixo), que serão transmitidas ao vivo pelo canal do Sisejufe no YouTube e retransmitidas no Facebook pelo FSMJD e pelos sindicatos parceiros. Para acompanhar, basta acessar o link sisejufe.org.br/aovivo nos dias de cada debate.

A primeira mesa acontece hoje, terça-feira, 15 de fevereiro, às 18h. O tema é “Enegrecendo a Justiça: para além da política de cotas”.

Os participantes são: Bruna Rodrigues (vereadora de Porto Alegre), Estela Ballardin (vereadora de Caxias do Sul),
Bethe Fontes (Comitê de Igualdade Racial da Justiça Federal-RJ e representante de base do Sisejufe-RJ), Renata Nascimento (representante de base do Sisejufe-RJ), Andrea Ferreira (diretora do Sindijus-PR), Luiz Mendes (diretor do Sindjus-RS), Patrícia Fernanda dos Santos (fundadora do Coletivo Negro da JFRJ) e Roberta Vieira (representante do Sintrajufe-RS).

A assessora política do Sisejufe, Vera Miranda, fará a mediação do debate.

O que estará em pauta

A ideia é trazer um olhar para a questão racial no Judiciário, tendo em vista a observação de que política de cotas não tem sido suficiente para acabar com a discriminação. Há uma minoria de negros e negras que consegue chegar nos espaços de direção, e a maioria sofre discriminação dentro dos próprios turbinais, neste sentido foram instituídas comissões de enfrentamento à desigualdade racial em diferentes tribunais e instâncias, a fim de superar essas questões. Para além da institucionalidade, tem surgido uma série de espaços auto-organizados por servidores e servidoras negros e negras, a fim de construir novas políticas e resistências para transformar a realidade ainda embranquecida dos tribunais.

Os desafios para enegrecer o Judiciário são muitos. Nosso papel é jogar luz sobre esses dilemas e apontar caminhos para reverter essas realidade.

Conheça os temas e convidados das outras mesas:

23/2 – 18h

Mesa 2 – Do Golpe à PEC 32. A Trajetória do Poder Judiciário na perda de direitos da Classe Trabalhadora

Participantes: Lucena Pacheco Martins (coordenadora da Fenajufe), Fabiano Marranghello Zalazar (diretor do Sindjus-RS), José Oliveira (diretor do Sintrajufe-RS), Fabrício Loguércio (CTB) e Ivan Bagini (presidente do Sindiquinze).

Mediação: Soraia Marca (Sisejufe-RJ)

24/ 03 – 18h

Mesa 3 – Despatriarcalização da Justiça – Corpo, maternidade, encarceramento, violência e trabalho

Participantes: Anny Figueiredo (diretora do Sisejufe-RJ e Marcha Mundial das Mulheres), Andrea Ferreira (diretora do Sindijus-PR), Luciana Krumenauaer (diretora do Sintrajufe-RS), Alessandra Andrade (diretora do Sintrajufe-RS e membra do coletivo Voz Materna), Sofia Cavedon (deputada estadual do Rio Grande do Sul), Paola Bettamio (professora de direito da Estácio, doutoranda em Direito pela UFRJ e militante da Marcha Mundial das Mulheres) e Ana Paula Cusinato (diretora de Comunicação da CUT-DF e Marcha Mundial das Mulheres).

Mediação: Ana Priscila Alves (Marcha Mundial de Mulheres)

05/04 – 18h

Mesa 4 – Projeto 1º Acesso à Justiça e Quilombo do Sopapo. Trabalhadores produzindo políticas públicas. As experiências do Sisejufe e do Sintrajufe RS

Participantes: Eunice Barbosa (presidenta do Sisejufe-RJ), Lucas Ferreira Costa (diretor do Sisejufe-RJ), Anna Carolina Pedra (advogada voluntária do Programa 1º Acesso à Justiça para População de Rua) e Leandro Anton (Quilombo do Sopapo).

Mediação: Ana Paula Rios (presidente do Instituto LAR)

07/04 – 19h

Mesa 5 – Justiça Eleitoral e Democracia Brasileira: As Instituições estão em risco

Participantes: Fernanda Lauria (servidora da Justiça Eleitoral e secretária-geral do Sisejufe-RJ), Lucas Costa (diretor do Sisejufe-RJ) e Edson Borowski (diretor do Sintrajufe-RS).

Mediação: Pietro Valério (diretor do Sisejufe-RJ)

12/04 – 18h

Mesa 6: Ressignificando a atuação sindical na pandemia. Mudanças de abordagem, plataformas e comunicação.

Participantes: Alexandre Marques (assessor parlamentar do Sindiquinze), Tais Faccioli (jornalista e editora-chefe da Comunicação Sisejufe-RJ), Vera Miranda (Assessora Política do Sisejufe-RJ), Luciano Beregeno (Jornalista e editor-chefe da comunicação Fenajufe), Fabrício Loguercio (CTB).

Mediação: Ana Priscila Alves (Sisejufe-RJ)

Publicada em 1º de fevereiro de 2022

Últimas Notícias