Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Cotec RJ discute estratégias de mobilização e de pressão que serão estruturadas pelo Sisejufe para tentar derrubar o veto presidencial feito ao PL 3662

Reunião virtual aconteceu na noite desta quarta-feira, 28/09

Cotec RJ discute estratégias de mobilização e de pressão que serão estruturadas pelo Sisejufe para tentar derrubar o veto presidencial feito ao PL 3662, SISEJUFE

O Coletivo de Técnicos do Sisejufe (Cotec-RJ) se reuniu mais uma vez. O encontro, realizado de forma virtual, na noite desta quarta-feira, 28/09, se deu para que o grupo pudesse discutir estratégias de mobilização e de pressão que serão estruturadas pelo sindicato para tentar derrubar o veto presidencial feito ao PL 3662.

Durante quase duas horas, a diretoria do Sisejufe, em parceria com a assessoria técnica e também com a assessoria parlamentar do sindicato, estabeleceu algumas estratégias de ação a serem efetuadas ao longo de outubro, tanto no Rio de Janeiro quanto em Brasília. Entre elas, pressionar o Congresso, buscar apoio dos parlamentares e dialogar com os tribunais superiores explicitando a luta pelo reconhecimento do Nível Superior (NS) aos Técnicos Judiciários e, acima de tudo, frisando a constitucionalidade e a viabilidade do PL 3662 para assim buscarmos a aprovação integral do projeto.

Antônio Augusto de Queiroz, assessor parlamentar do Sisejufe e da Fenajufe, abriu a reunião fazendo uma retrospectiva de todo o trabalho de articulação feito até então e frisou a importância de se continuar a mobilização da categoria e das ações do sindicato em prol da aprovação do PL 3662: “Sou testemunha de que tudo o que era possível ser feito para a sanção do Nível Superior para os Técnicos foi feito. Lucena e Soraia (Lucena Pacheco e Soraia Marca, diretoras do Sisejufe e coordenadoras da Fenajufe) foram interlocutoras extremamente qualificadas. Toda articulação possível foi feita. Agora, é continuar o trabalho em Brasília e buscar a derrubada do veto”, afirmou ele.

Os vetos deverão ser analisados pelo Congresso Nacional em sessão conjunta a partir do dia 22 de outubro. Transcorridos 30 dias de tramitação, esse veto trancará a pauta de deliberação do plenário. Para derrubar, são necessários, ao menos, 257 votos na Câmara e 41 no Senado.

Até lá, é fundamental a nossa mobilização e a nossa pressão.

E você, de casa mesmo, também pode ajudar a fazer essa pressão. Acesse o site www.nsja.com.br e clique no botão de envio aos ministros do STF para pedir o apoio deles na derrubada do veto 51 feito ao PL 3662.

Também participaram da reunião: Eunice Barbosa, presidenta do Sisejufe; Ronaldo Almeida das Virgens, vice-presidente do sindicato; Lucena Pacheco e Soraia Marca, diretoras do Sisejufe e coordenadoras da Fenajufe; Vera Miranda, assessora política do Sisejufe; Amauri Pinheiro, diretor do sindicato etc.

 

 

Últimas Notícias