Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia

Mobilização, convocada pelo Sisejufe, reuniu diretores e servidores na porta do TRF2

Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE

Os trabalhadores do Judiciário Federal se reuniram, no início da tarde desta quarta-feira (10), em frente ao TRF2, num ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia. Foi mais um dia de mobilização dos servidores, que atenderam à convocatória da Fenajufe e do Sisejufe para participar do calendário de lutas da categoria.

Diretor do Sisejufe e servidor do TRF2, Ricardo Horta disse que a continuidade da mobilização é importante e vai além da questão remuneratória: “Valorizar o servidor público nesse momento em que o serviço público é tão atacado por esse governo, é relevante porque você reconhece a importância do trabalho desses profissionais. Mesmo no auge da pandemia, a qualidade e a quantidade dos trabalhos continuaram. O reconhecimento para a categoria passa por uma recomposição dos salários que ficaram extremamente defasados nesses últimos anos. E para o Judiciário Federal, o reajuste e o NS são pautas importantes pelas quais vamos continuar lutando”.

Durante o ato, Fernanda Lauria, coordenadora da Fenajufe e diretora do Sisejufe, levou a notícia fresquinha de que o STF fez maioria pela aprovação do Orçamento 2023 e envio ao Congresso Nacional das propostas de recomposição salarial de servidores e servidoras do PJU. As propostas foram feitas ao Supremo em patamares maiores, mas acabaram sendo reduzidas – ambas para 18% de forma parcelada entre 2023 e 2024 – para serem contempladas no Orçamento do Poder Judiciário. Embora o percentual de 18% não seja suficiente para cobrir as perdas salariais, que até o fim de ano chegarão a 30.65%, a aprovação é um avanço para a categoria. O Sisejufe e a Fenajufe, claro, continuarão na luta em defesa dos direitos da categoria. “O reajuste foi aprovado, escalonado em quatro vezes. Outra conquista que acabamos de confirmar é a equiparação do auxílio-saúde, esse ano ainda, para servidores da Justiça Eleitoral, nos mesmos moldes da Federal e da Trabalhista.”

O diretor Ricardo Quiroga destacou que essas vitórias são fruto da pressão e do diálogo da categoria e que por isso é importante manter a mobilização e toda a luta para garantirmos mais conquistas, evitarmos retrocessos e continuarmos vigilantes com a PEC 32, que quer destruir o serviço público:  “Vamos seguir na luta pela recomposição salarial e pela garantia do estado democrático de direito”.

Neli da Costa Rosa, diretora do Sisejufe e coordenadora do Departamento de Aposentados e Pensionistas comentou a importância da participação de todos, inclusive dos aposentados e pensionistas: “Esse governo está nos arrochando. É preciso que todos e todas nós estejamos presentes nos atos e mobilizações da categoria. Eu poderia estar em casa, acomodadinha, sentada, vendo televisão, mas estou aqui com vocês, na luta, por vocês da ativa e por todos os aposentados. Nossa luta é importante. Temos que nos unir, sim”.

O diretor do Departamento de Acessibilidade e Inclusão do Sisejufe, Ricardo de Azevedo Soares, afirmou que, ao contrário do que prega esse atual governo, servidor público não é gasto, é investimento: “O número de servidores públicos pelo mundo, em países sérios, é um percentual enorme. O Brasil está bem abaixo nesse ranking. Temos que aumentar e muito os cargos públicos, os servidores públicos para que se faça um país sério e desenvolvido. O serviço público atente a todos e é bom frisar isso. É importante acordar para essa pauta e bater nessa tecla sim da valorização do serviço público, do servidor público”.

A diretora de Saúde e Combate ao Assédio Moral, Andréa Capellão, conclamou os colegas servidores do Judiciário a participarem do ato: “Semana passada, tivemos no TRE em apoio aos colegas da Eleitoral que estão sofrendo ataques absurdos desse governo, mas a mobilização é e precisa continuar sendo constante. Vamos participar. Nossa pauta é justa e precisa do apoio de todos nós”.

Também estiveram presentes as diretores Eliene Valadão, Mariana Pertesen e Juliana Avelar; a representante de base Glauce Rangel; e a assessora política Vera Miranda.

Por Dani Maia 

Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFEServidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFEServidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFEServidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE  Servidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFEServidores do Judiciário Federal fazem ato em defesa do reajuste, do NS e da democracia, SISEJUFE

Últimas Notícias