Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Seção Judiciária disponibiliza Equipamentos de Proteção Individual para oficiais de justiça

Sindicato negocia liberação do material desde o dia 16 de março

Seção Judiciária disponibiliza Equipamentos de Proteção Individual para oficiais de justiça, SISEJUFE

A Seção Judiciária do Rio de Janeiro informou que irá disponibilizar equipamentos de proteção individual para os oficiais de justiça. A decisão acontece após intensa cobrança do Sisejufe. Desde o dia 16 de março, o sindicato negocia com a SJRJ, entre outras medidas, o fornecimento de EPIs aos servidores que estão nas ruas cumprindo diligências em locais de risco de contaminação pelo Coronavírus, como os hospitais e presídios (leia aqui resultado da reunião). No dia 7 de abril, o sindicato impetrou Mandado de Segurança em favor do segmento para garantir o fornecimento desses equipamentos (veja a reportagem nesse link).

Até o momento, a administração estava disponibilizando apenas álcool gel. A partir de agora, os oficiais e demais servidores e magistrados que estão desempenhando suas atividades de forma presencial receberão máscaras, luvas e capotes, além do álcool gel.

Segundo a Administração, os equipamentos de proteção estarão disponíveis na sala da Seman, localizada na Avenida Venezuela. A supervisão de enfermagem da Seção de Serviços de Saúde (Sesau) da SJRJ explica que o fornecimento do material atende à mudança recente de orientação do Ministério da Saúde sobre o uso maciço e amplo das máscaras como forma de evitar o contágio pelo Covid-19. “A Seção Judiciária disponibiliza os EPIs que eram de uso exclusivo dos profissionais de saúde da Sesau a todos os oficiais de justiça e demais servidores que no exercício de sua função se coloquem em eventual situação de risco, exatamente por precisarem exercer sua profissão de forma presencial”, disse a enfermeira do trabalho e supervisora da Sesau, Natália Lacerda Elias.

De acordo com a Subsecretaria de Gestão de Pessoas, o agente de segurança de plantão cuidará da reposição imediata dos EPIs na sala da Seman. A administração pediu, no entanto, que os itens sejam usados com responsabilidade e consciência, já que a quantidade disponível é limitada. O material já estava armazenado no setor de odontologia da JF. Está em andamento um processo de aquisição de maior quantidade de EPIs.

“Mesmo sabendo das dificuldades na aquisição do material, já há mais de um mês que cobramos uma solução por parte da administração. Entendemos que é papel da União, com quem temos o vínculo estatutário, fornecer os EPIs para as diligências físicas durante o período, pois não queremos nem nos expor ao vírus nem nos tornar vetor de propagação da doença”, ressalta a diretora do Sisejufe e da Fenassojaf, Mariana Liria.

A Seção Judiciária informou que os servidores que tiverem dúvidas podem esclarecê-las através dos e-mails medicinacovid@jfrj.jus.br, psicologia@jfrj.jus.br, odontologia@jfrj.jus.br ou enfermagem@jfrj.jus.br.

Últimas Notícias