Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Fenajufe se reúne com comitê organizador para avaliar participação no Fórum Social Mundial Justiça e Democracia

Sisejufe participou da reunião. O evento integra o Fórum Social Mundial e acontecerá entre os dias 26 e 30 de janeiro de 2022 em Porto Alegre/RS.

Fenajufe se reúne com comitê organizador para avaliar participação no Fórum Social Mundial Justiça e Democracia, SISEJUFE

A Fenajufe, juntamente com Sisejufe e outros Sindicatos de base, se reuniu nesta segunda-feira (29/11) com o comitê organizador do Fórum Social Mundial Justiça e Democracia (FSMJD), evento que acontecerá entre os dias 26 e 30 de janeiro de 2022, em Porto Alegre/RS. O FSMJD é um movimento de resistência, de denúncia, de criação e de luta para a transformação de sistemas de justiça, sendo parte integrante do Fórum Social Mundial (FSM).

Participação pela Fenajufe da coordenadora Lucena Pacheco e dos coordenadores Fabiano dos Santos, Luiz Cláudio Correa, Ramiro López e Thiago Duarte. Pelo Sisejufe, estiveram presentes a presidenta Eunice Barbosa; e os diretores Soraia Marca, Anny Figueiredo e Lucas Costa, além da assessora política Vera Miranda. Também participaram representantes do Sintrajud/SP; Sindiquinze/SP; Sintrajuf/PE; Sindjuf-PA/AP; Sitraam/AM; e Sintrajufe/RS.

A representante do comitê Paula Freitas explicou que o FSMJD visa trazer debate sobre justiça e democracia, tendo em vista a conjuntura, no Brasil e no mundo, de avanço da extrema direita que questiona, coloca em xeque as instituições e viola valores democráticos. Pela organização do Fórum participaram também Leomar Daroncho, Mauri Cruz e Scarlet Sophia Rocha.

Segundo o comitê, o Fórum está sendo organizado olhando para as temáticas que permitam a discussão e dimensão dessas violações na criação de estratégias para combater a instrumentalização do sistema de justiça.

Além de cinco eixos temáticos, o Fórum terá uma atividade maior — de tema mais amplo — com as vítimas do sistema de justiça. Temas:

  1. Capitalismo, desigualdades, relações sociais, mundos do trabalho e sistemas democráticos de Justiça;
  2. Democracia, Arquitetura do Sistema de Justiça e as forças sociais;
  3. Sistema de Justiça, Democracia e Direitos de grupos vulnerabilizados.
  4. Democracia, Comunicação, tecnologias e sistema de justiça;
  5. Perspectiva transformadora do sistema de justiça e a centralidade da cultura nesse processo.

A Fenajufe — através da coordenadora Lucena Pacheco e dos coordenadores Fabiano dos Santos e Thiago Duarte — informou que fará a discussão com a Diretoria Executiva sobre a possibilidade de participar do evento e como seria a participação da Federação.

“O Fórum Social Mundial Justiça e Democracia é muito importante porque reúne países, pessoas e movimentos sociais que se opõem às políticas neoliberais, contestando prescrições econômicas ditadas como inevitáveis, como a destruição do Estado através de reformas, como por exemplo a PEC 32, que impactam diretamente a prestação dos serviços públicos gratuitos e de qualidade. O FSMJD pretende mobilizar a sociedade civil internacional e os profissionais do Direito para discutir medidas que possam resguardar o funcionamento do estado democrático de direito em todos os países do mundo”, aponta a diretora Anny Figueiredo.

Com informações da Fenajufe

Últimas Notícias