Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Fenajufe protocola ofício direcionado ao presidente do Senado para dar andamento ao PL 3662/21

Além das articulações no Congresso, dirigentes também protestaram na porta do STF

As articulações dos coordenadores da Fenajufe no Congresso Nacional foram intensas nesta quarta-feira (6/7), com visitas aos gabinetes do vice-presidente do Senado, Veneziano Vital (MDB/PB) e do senador Cid Gomes (PDT/CE) para cobrar empenho na tramitação do PL 3662/21. A coordenadora da Federação e diretora do Sisejufe, Soraia Marca, participou da atividade no Senado.

Os dirigentes também conversaram, ainda pela manhã, com a assessoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que os orientou a apresentar ofício solicitando a leitura e discussão do PL 3662/21.

Fenajufe protocola ofício direcionado ao presidente do Senado para dar andamento ao PL 3662/21, SISEJUFE

À tarde, os coordenadores protocolaram o documento. Esse projeto estabelece o NS para ingresso na carreira de técnico. A Fenajufe trabalha pela aprovação do PL da forma como foi aprovado na Câmara dos Deputados — com duas importantes emendas articuladas pela Federação: a primeira que reconhece os cargos de técnicos e analistas como atividades essenciais à justiça; já a segunda acrescenta dispositivo para estabelecer o nível superior como critério de ingresso para o cargo de Técnico Judiciário.

Houve ainda um ato no anexo II da Câmara dos Deputados.

Vuvuzelas no STF 

Fenajufe protocola ofício direcionado ao presidente do Senado para dar andamento ao PL 3662/21, SISEJUFE

Também nesta quarta, os manifestantes  voltaram a ocupar a porta do STF e a frente da garagem por onde entram os ministros, nesta quarta-feira (6), em mais uma mobilização pela recomposição salarial e pela alteração do nível de escolaridade para ingresso na carreira de técnico judiciário – NS.

O barulho ensurdecedor das vuvuzelas representou a resistência e a insatisfação das servidoras e servidores do PJU. Na última quinta-feira (30), inclusive, a pressão da Fenajufe fez com que o presidente da corte, ministro Luiz Fux, aceitasse receber a Federação.

Na ocasião, Fux afirmou, categoricamente, que não existe acordo dos demais ministros do STF para encaminhamento do projeto de recomposição salarial dos servidores. Dessa forma, a Fenajufe aumentou a pressão sobre os ministros e intensificará, ainda mais, a mobilização.

Telefonaço
Durante todo o dia, a categoria fez pressão aos ministros do Supremo por meio do telefonaço. A mobilização continua nesta quinta-feira (7/7).

Fonte: Fenajufe

Últimas Notícias