Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

A Justiça é Mulher: servidora Raquel Albano revela os desafios da tripla jornada

A Justiça é Mulher: servidora Raquel Albano revela os desafios da tripla jornada, SISEJUFE

Trabalhar na justiça, assim como ser mulher, é um grande desafio. Ainda são as mulheres responsabilizadas socialmente pelo cuidado, seja a limpeza, a saúde, a educação dos pequenos ou dos mais velhos e, principalmente, pela criação e demais demandas do cuidado dos filhos.

Isso tudo faz com que as mulheres tenham obstáculos no trabalho pago e ainda tenham sua jornada duplicada ou triplicada por esse trabalho não pago. Ainda assim, elas dão a volta por cima e se assumem sujeito de suas próprias histórias, como é o caso da Raquel Albano, servidora do TRT1, que compartilhou sua experiência conosco:

“Em 23 anos de Judiciário, o que mais me impactou foi o desafio de ser mãe e de me qualificar a cada inovação dos processos de trabalho. Ao passar no concurso, minha filha mais velha tinha só dois anos e foi nesse período que iniciei o curso de Direito, um grande desafio pois eu vinha da sala de aula, como professora de Francês e Português. Depois, o desafio da maternidade foi triplicado, pois ousei ter mais duas filhas no decorrer dos anos como servidora de Vara. Amadureci muito com os obstáculos que tive que enfrentar por ficar grávida duas vezes, tendo que recomeçar a trajetória profissional em ambos os momentos. Pura superação em um ambiente que ainda vê a mulher como “problema” por gerar e cuidar. Sou muito mais forte, livre e consciente hoje, tendo passado por tantas experiências que me fizeram rir e chorar, mantendo-me de pé e pronta para contribuir com o crescimento de outras mulheres.”

#pratodesverem Card lilás, roxo e branco com balões em linhas sinuosas. Do lado esquerdo, tem a foto da servidora Raquel Albano, que tem os cabelos pretos enfeitados com flores amarelos. Está sorrindo, usa blusa verde com flores rosas. Do lado direito susperior há a logo do projeto do Mês das Mulheres, com ilustração de uma servidora negra segurando a balança da justiça com a frase “A justiça é mulher”. Logo abaixo vem o texto: MÊS DA MULHER e a frase de autoria da Raquel, já descrita no primeiro parágrafo. No rodapé à direita estão as logos do Sisejufe e do Departamento de Mulheres.

Últimas Notícias