Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Sisejufe retransmite live da Fenajufe que vai debater racismo estrutural e branquitude no PJU

Sisejufe retransmite live da Fenajufe que vai debater racismo estrutural e  branquitude no PJU, SISEJUFE

O Sala de Entrevista — Especial Lives da Fenajufe —, desta quinta-feira (19/11), vai trazer um debate oportuno e superimportante sobre o racismo. O racismo consiste no preconceito e na discriminação com base em percepções sociais, baseadas em diferenças biológicas entre os povos. A sociedade brasileira precisa desconstruir esse sentimento que tem raízes na descendência europeia e que deve ser combatido todos os dias.

A naturalização de situações que promovam a discriminação forma o racismo estrutural, vivenciado por servidoras ,servidores e trabalhadoras e trabalhadores nas várias instituições em que trabalham. Com o tema “Por que precisamos discutir estado, branquitude e racismo no Judiciário Brasileiro?”, a Fenajufe promove o debate na Live de quinta feira como uma reflexão para a categoria que, em muitos momentos, desconhece situações de racismo ou que não se reconhece como negra.

Convidados

Kelly Quirino

Jornalista, mestre e soutora em Comunicação. É professora universitária e pesquisadora em Relações Raciais, Gênero, Jornalismo e Comunicação. Foi pesquisadora visitante da Tulane University em Nova Orleans; cursou o Women’s Leadership da Colúmbia University em Nova York. Foi eleita entre as 115 mulheres negras no Brasil na luta antirracista pelo jornal Correio da Bahia.

Eliseu Amaro

Pesquisador das questões etnorraciais e professor efetivo na Secretaria de Educação do Distrito Federal. Graduado em Licenciatura Plena em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília (UCB); pós-graduado em Bioética pela Universidade de Brasília (UnB) e em História e Cultura Afro-brasileira e Africana pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Mestre em Metafísica pela Universidade de Brasília.

A mediação é do coordenador da Fenajufe Luiz Cláudio Correa, que é servidor da Justiça do Trabalho no Amazonas, Presidente do Sitraam, professor, militante sindical do Movimento Negro e dos direitos humanos.

Acompanhe pelo link: sisejufe.org.br/aovivo

Últimas Notícias