Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Sisejufe convoca categoria para atuar nas redes no Dia Nacional de Mobilização pelo reajuste para todos

Campanha salarial unificada nasceu em repúdio às manobras eleitoreiras de Bolsonaro de prever reposição salarial apenas para policiais no Orçamento 2022

Sisejufe convoca categoria para atuar nas redes no Dia Nacional de Mobilização pelo reajuste para todos, SISEJUFE

Amanhã (18/1) é Dia Nacional de Mobilização – ato unificado por reajuste salarial para todas as categorias do funcionalismo. Ante o agravamento do cenário de pandemia, o Sisejufe se somará aos manifestantes de todo país atuando através das redes sociais e demais canais de comunicação e informação. O engajamento virtual de todos e todas será fundamental para mostrarmos força.

Também ajudaremos a divulgar o ato nacional que acontecerá em Brasília/DF, às 10h em frente ao Banco Central e às 14h no Ministério da Economia, divulgando as atividades realizadas lá.

A direção do Sisejufe repudia a manobra imoral que desencadeou esse movimento nacional, permitindo uma reserva de R$1,7 bilhão para reajuste de policiais, a pedido do presidente Bolsonaro, deixando de fora o restante das categorias de servidores públicos.

Apesar de vetar recursos para recomposição salarial para o funcionalismo do país, o texto que foi aprovado no apagar das luzes de 2021, prevê um valor de R$ 4,934 bilhões para o fundo eleitoral e de R$ 16,5 bilhões para as emendas de relator.

Para a diretoria do sindicato, esse reajuste eleitoreiro dado apenas a um setor dos servidores públicos é uma afronta e mais um ataque deste desgoverno aos servidores públicos em geral. Bolsonaro apenas continua seguindo a linha de desqualificação e descaso com os serviços públicos e seus servidores, prática de seu governo. Num cenário no qual também os trabalhadores e as trabalhadoras do setor público amargam a perda do poder de compra de seus salários em uma longa estrada sem reajustes, os servidores do Poder Judiciário Federal não pararam suas atividades e mantiveram a entrega aos jurisdicionados, inclusive batendo recorde de produtividade durante a pandemia, conforme registrado no ‘Justiça em Números’.

Este reajuste pretende privilegiar e fidelizar a base eleitoral do governo e, por isso, deve ser repudiado pela sociedade em geral. O Sisejufe jamais será contrário a nenhum reajuste dado a qualquer trabalhador, mas não há como admitir que uma determinada categoria seja privilegiada, com finalidades eleitoreiras em detrimento de outras categorias.

Para a diretoria, é urgente que o STF se pronuncie na defesa de seu quadro de trabalhadores e trabalhadoras e encaminhe proposta de reajuste.

Participe! Faça sua manifestação através de nossos canais nas redes sociais. Eu não aceito! Chega de dividir! Reajuste para todas e todos já!

Últimas Notícias