Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Servidores do TRT fazem ato durante sessão do Órgão Especial do tribunal

Servidores do TRT fazem ato durante sessão do Órgão Especial do tribunal, SISEJUFE
Servidores do TRT fazem ato durante sessão do Órgão Especial do tribunal, SISEJUFE

A diretora do Sisejufe Jovelina Alves e a servidora Raquel Albano participaram da manifestação

“A categoria precisa se manter alerta e mobilizada e não deixar o sentimento de insatisfação esfriar”, a declaração da técnica judiciária do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio Raquel Albano resume bem o que deve ser feito pelos servidores do tribunal para manter a pressão sobre a Presidência do tribunal na tentativa de derrubar o Ato 55. Com a entrada em vigor da medida, a jornada de trabalho do funcionalismo do TRT foi estendida para 9 horas diárias.

Raquel participou nesta quinta-feira (29/6) de mais um protesto ocorrido durante a sessão do Órgão Especial do TRT. A servidora, juntamente com os diretores do Sisejufe Amauri Pinheiro, Ricardo Quiroga e Jovelina Alves, ressaltou a importância de cada vez mais os funcionários estarem unidos. “Não podemos deixar pra lá essa situação. Temos que pressionar até o Ato 55 cair”, conclamou a servidora.

Mais uma vez, os funcionários que participaram da manifestação no auditório do 4º andar do prédio da Antônio Carlos mostraram a total insatisfação com a decisão da Presidência em aumentar a jornada de trabalho. E para piorar a situação, o TRT determinou que os equipamentos de ar-condicionado não fiquem ligados até o fim do expediente prolongado.

“Aumentar a jornada de trabalho significa, para quem não sabe também, receber um salário menor. Sem contar que abrirá precedentes não só na Justiça do Trabalho, como em todo o Poder Judiciário Federal. É uma quebra de isonomia. Temos que acordar desse pesadelo e gritar!”, avalia Raquel  de Almeida.

Servidores do TRT fazem ato durante sessão do Órgão Especial do tribunal, SISEJUFE

Ricardo Quiroga garante que a pressão vai continuar

O diretor do Sisejufe Ricardo Quiroga assegurou que a entidade continuará na luta e mobilizando os servidores para derrubar o Ato 55. “Não desistiremos. O Rio é o único tribunal que está aumentando a sua jornada”, disse o dirigente sindical.

Resolução 219 voltará a ser discutida em próxima sessão

Nessa quinta-feira, o colegiado de desembargadores votaria a aplicação da Resolução 219/16 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A determinação do conselho dispõe sobre a distribuição de servidores, cargos e funções nos órgãos do Poder Judiciário, priorizando o Primeiro Grau. Mas propostas alterações foram apresentadas e o tema voltará a ser discutido na próxima sessão do Órgão Especial.

 

 

Fonte: Texto e foto – Max Leone – Imprensa Sisejufe

Últimas Notícias