Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Live da Fenajufe apresenta o Movimento a Serviço do Brasil

Sisejufe participa do debate, juntamente com outras entidades. Tema será a luta contra a reforma administrativa e pela defesa dos Serviços Públicos.

Live da Fenajufe apresenta o Movimento a Serviço do Brasil, SISEJUFE

O Sisejufe participa, nesta quinta-feira (29/10), do programa virtual Sala de Entrevista, da Fenajufe. Será uma edição especial para apresentar o Movimento a Serviço do Brasil. A iniciativa nasceu na Coordenação de Comunicação da Fenajufe – fruto de uma decisão em reunião Ampliada com os sindicatos da base –  e hoje soma-se a outras 25 entidades. A diretora Soraia Marca irá representar o sindicato na live.

Compõem hoje o Movimento a Serviço do BrasilFenajufe, Fenajud, Fenafisco, Fenamp/Ansemp, Fenassojaf, Sisejufe/RJ, Serjusmig, Sindifisco/MS, Sindissetima/CE, Sindjuf PA/AP, Sindjufe/MS, Sindjus/RS, Sindjustiça/GO, Sindsemp/MG, Sinjap/AP, Sinjus/MG, Sinjusto/TO, Sintaj/PB, Sintrajud/SP, Sintrajufe/PE, Sintrajufe/RS, Sitraam/AM, Sitraemg/MG, Aojustra, Associação dos Servidores do MPRJ e Assojaf/MG. 

O Movimento lançou um vídeo-manifesto no 28 de outubro, Dia do Servidor e da Servidora Públicos (assista AQUI) e ainda ganhou espaço na imprensa comercial nacional em sites como o Congresso em Foco e o jornal Folha de São Paulo.

Vale lembrar que o debate da reforma Administrativa coloca em polos opostos diretamente os serviços públicos – agentes de manutenção do acesso a direitos da população – e a iniciativa privada, mais interessada hoje em abocanhar esse nicho do mercado, substituindo-o por serviços pagos.

O texto da PEC 32/2020, elaborado pela equipe econômica de Bolsonaro e com apoio de setores do Congresso Nacional, desperta apreensão pelo potencial lesivo ao cidadão. Em Nota Informativa (Nota Informativa nº 5.394), consultores do Senado destacam sobre a reforma Administrativa:

-Falta de debate com os atores interessados;

-Retrocesso na profissionalização do serviço público;

-Espaços para admissão sem concurso público;

-Desregulação remuneratória;

-Acúmulo de cargo público;

-Desligamento de agente público por motivação político-partidária;

-Fim de controle orçamentário pelo Poder Legislativo;

-Poder de extinção e reorganização de cargos públicos nas mãos da Presidência da República.

Esses e outros temas estarão em discussão, na Live da Fenajufe nesta quinta-feira, a partir das 18h30, no Facebook do Sisejufe, nas redes sociais da Federação e de sindicatos parceiros.

Para acompanhar a live, basta clicar nesse link no horário marcado.

Últimas Notícias