Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

Em reunião com o DG do STF, Fenajufe defende retomada do Fórum de Carreira e derrubada do veto ao NS

No encontro também foi entregue ao diretor-geral a pauta de reivindicações das servidoras e servidores do Judiciário Federal

Em reunião com o DG do STF, Fenajufe defende retomada do Fórum de Carreira e derrubada do veto ao NS, SISEJUFE

A Fenajufe voltou ao Supremo Tribunal Federal para defender as pautas de interesse das servidoras e servidores do Poder Judiciário da União. Na última  quarta-feira, 9, as coordenadoras Lucena Pacheco (também diretora do Sisejufe) e Márcia Pissurno e os coordenadores Fábio Saboia e Roberto Policarpo, reuniram-se com o diretor-geral do STF, Miguel Ricardo de Oliveira Piazzi e o secretário de Gestão de Pessoas do Tribunal, Cícero Rodrigues Oliveira Gomes.

No encontro, foram tratados temas de extrema relevância para o conjunto da categoria, com foco em dois eixos, sendo eles a retomada das atividades do Fórum Permanente de Carreira e os Projetos de Lei em tramitação no Congresso Nacional que versam sobre a recomposição salarial da categoria (2441/22); o veto de Bolsonaro ao NS (veto 51) e o PL 2447/22 (Polícia Judicial).

Com a retomada do Fórum, o objetivo da Fenajufe é dar continuidade e aprofundar discussões acerca da alteração do critério de escolaridade para ingresso na carreira de Técnico – o NS – bem como avançar no debate sobre a Polícia Judicial, o reenquadramento dos Auxiliares; VPNI, o Adicional de Qualificação e a política salarial para a categoria, entre outros.

Ao final, os dirigentes entregaram aos representantes do STF, a pauta de reivindicações da categoria detalhando pontos como:

– Política Salarial

– Alteração do requisito de escolaridade do Cargo de Técnico Judiciário para Nível Superior – importante reivindicação dos trabalhadores do Poder Judiciário

– Reenquadramento dos Auxiliares Judiciários para o Nível Intermediário

– Carreira Judiciária – Estabelecimento de estudos sobre a carreira judiciara como instrumento de gestão, atualização dos processos de trabalho em função das inovações tecnológicas e alternativas de modernização e valorização dos cargos como típicos de Carreira de Estado;

– Políticas de valorização do Cargo de Analista Judiciário;

– Garantia aos servidores que complementaram os requisitos exigidos, até 18/01/95, ao recebimento na aposentadoria da vantagem prevista no art. 193 do RJU;

– 13,23% – TEMA 1061 STF (RE 1.208.032/DF)

– Regramento para ocupação de Funções Comissionadas e Cargos em Comissão;

– Acumulação de GAE e GAS com Função Comissionada e Cargos em Comissão;

– Regulamentação da estrutura da Polícia Judicial;

– Adicional de Qualificação;

– GAS na Aposentadoria;

– Estabelecer estudos sobre atualização das estruturas de mobilidade na carreira;

– Trabalho Remoto, Teletrabalho, Inovações Tecnológicas e mudanças no processo de trabalho com impactos na Carreira;

– Incremento orçamentário os planos de saúde de gestão própria e reajuste da parcela paga pela União;

– Quitação de passivos devidos à categoria;

– Combate ao assédio moral e sexual; e

– Combate a todas as formas de discriminação

Fonte: Fenajufe 

 

Últimas Notícias