Alto contraste Modo escuro A+ Aumentar fonte Aa Fonte original A- Diminuir fonte Linha guia Redefinir
Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no estado do Rio de Janeiro - Telefone: (21) 2215-2443

2ª Plenária Nacional de Organização das Lutas Populares reúne mais de 400 participantes

Unanimidade é por unidade na luta contra a Reforma administrativa e as políticas do governo fascista e genocida de Bolsonaro

2ª Plenária Nacional de Organização das Lutas Populares reúne mais de 400 participantes, SISEJUFE

A Plenária teve início com uma belíssima homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, feita por mulheres do Movimento Sem Terra (MST). Com uma totalidade de 426 entidades participantes, incluindo representantes da Fejanufe, o evento fez uma abordagem panorâmica da conjuntura atual e reforçou a necessidade de união na luta em defesa da vida negligenciada pelo governo e pela valorização do serviço público.

As entidades representativas dos vários segmentos trouxeram pluralidade e diversidade para o evento. Todas tem como consenso, o fortalecimento da unidade para derrotar as propostas de reformas e combater a destruição dos direitos não só dos servidores públicos, mas de toda a classe trabalhadora como um todo.

O debate foi uníssono em defender vacinação suficiente para todos e todas, o retorno do auxílio emergencial digno, a valorização dos serviços, da vida e dos direitos humanos.  A plenária ressaltou que o período de pandemia fez aumentar o número de pessoas em situação de pobreza no país. A fome voltou a ser realidade na vida de milhares de pessoas. Do lado dos mais atingidos estão as mulheres, os negros e demais trabalhadores que perderam seus empregos de carteira assinada.

O coordenador da Fenajufe, Roberto Policarpo, afirma que é extremamente importante aproveitar esse momento em que o repúdio da sociedade contra o governo aumenta para mobilizar os quatro cantos do país no sentido de impedir a retirada de direitos dos servidores e servidoras e garantir serviços de qualidade para a população. É necessário manter e fortalecer a união contra a Reforma Administrativa e as políticas que provocam o desmantelamento do estado. A Federação orienta atenção e participação nas atividades sugeridas no calendário apresentado na plenária.

Calendário:

04/03-  Dia de Mobilização Nacional das Centrais e dos trabalhadores das estatais

07-/03 – Live Nacional Unificada do 8 de março (à tarde)

07 a 14 /03 -Jornada Nacional Feminista (8M)

8 a 22/03 – Jornada de Luta do MAB – Movimentos dos Atingidos por Barragens

14/03 –  Dia internacional de luta contra as barragens, pelos rios e pela vida

17/03 –  Bandeiraço e Faixaço da Jornada Nacional em defesa do serviço público

22/03 –  Dia mundial da Água

24/03 – Dia Nacional de ALERTA em defesa da educação escolar básica, pública e estatal – (Convergir nesta data como Dia Nacional de Mobilização)

28/03 – Dia Nacional de coleta de Solidariedade (articulada com à campanha ecumênica da fraternidade das igrejas cristãs)

7/04- Jornada Mundial anti-imperialista pela vacina para todos: denúncia dos governos de países ricos e dos laboratórios

7 a 11/04 – Jornada em defesa da vacina, do SUS e da saúde do povo

17/04- Mobilizações do Dia internacional de luta campesina

1/05-  Mobilizações do Dia do Trabalhador 

Um Manifesto Unitário está sendo construído e posteriormente  será encaminhado para a organização da plenária. As entidades que quiserem podem acrescentar ou sugerir alteração no texto. Basta enviar para o correio eletrônico: respirabrasil@mobiliza.online até o dia 10 de março conforme documento disponível neste link.

Calendário proposto pela Plenária Nacional de Todas as Frentes, com datas unitárias está disponível neste link.

Últimas Notícias