SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

Diretoria do Sisejufe se reúne com direção do Foro da Justiça Federal para comunicar adesão da categoria à greve geral

Também foram discutidas outras pautas de interesse dos servidores 

A Seção Judiciária do Rio de Janeiro endossou a decisão da Presidência do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), de reconhecer como legítima a adesão do funcionalismo à greve geral de 14 de junho contra a Reforma da Previdência. A notícia foi dada pelo diretor do Foro da Justiça Federal, juiz Ozair Victor de Oliveira Junior, em reunião, na última sexta-feira (7/6), com o presidente do Sisejufe, Valter Nogueira Alves. Também estiveram presentes a diretora do sindicato, Eunice Barbosa e a diretora da Secretaria Geral, Luciene da Cunha Dau Miguel. 

O diretor do foro disse que, após conversa com o presidente do TRF2, desembargador Reis Fried, optou por manter a decisão do Tribunal de reconhecer o direito Constitucional de adesão à paralisação nacional . Ozair Victor acrescentou que, no dia da greve, os servidores poderão participar do movimento grevista, desde que mantenham as atividades essenciais e o princípio da continuidade do serviço público. 

Na reunião,  o presidente do Sisejufe e o diretor do foro também discutiram outras pautas, como a possibilidade de a administração disponibilizar a simulação do valor da aposentadoria aos funcionários que estão em fim de carreira. Atualmente, esse cálculo não é liberado, o que dificulta os servidores na tomada de decisão. Ozair Victor informou, ainda, que está investindo na troca do mobiliário com objetivo de melhorar as condições de saúde dos trabalhadores da Justiça Federal.