SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

Sisejufe cobra posicionamento oficial sobre mudança do horário do expediente no TRT

A direção do Sisejufe cobrou posicionamento oficial da Administração do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-1) sobre uma possível adoção de turno único para atendimento e horário dos servidores. O pedido de esclarecimento se fez necessário mediante informações que circulavam no tribunal de que poderia ser adotado o horário das 12h às 19h.

De acordo com Ricardo Quiroga, diretor do Sisejufe, a Administração do TRT informou à diretoria da entidade que, a despeito de estudos sobre o expediente, não há qualquer decisão ou até discussão a respeito da implementação de um turno único das 12h às 19h. O sindicato questionou se a mudança ocorreria em virtude das restrições orçamentárias do ano que vem provocadas pela Emenda Constitucional 95 (EC 95).

No entanto, os diretores do Sisejufe tomaram conhecimento de que há sim estudos que tratam da modificação do horário de expediente por meio do Comitê de Priorização do 1º Grau, do qual o sindicato participa. Um dos motivos para a mudança seria o gasto com energia elétrica – o TRT da 1ª Região é um dos que mais têm despesas nesse sentido, especialmente pelo fato de o consumo aumentar após as 17 horas. Para a direção do Sisejufe, infere-se que é muito mais provável a antecipação do fim do expediente, como já ocorreu recentemente no tribunal.

Em resposta ao sindicato, foi descartado pelo tribunal que as restrições orçamentárias de 2020 irão afetar a remuneração dos servidores e magistrados, tanto neste ano quanto no próximo.

O Sisejufe seguirá acompanhando a situação e, caso haja qualquer proposta de alteração do expediente, informará à categoria e agirá na defesa dos interesses dos servidores do TRT.

 

Fonte: Imprensa Sisejufe