SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

Sisejufe realiza ato contra Reforma da Previdência no aeroporto Santos Dumont

IMG_0313 - CópiaEm meio ao movimento de passageiros no embarque do aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, faixas contra a Reforma da Previdência chamaram a atenção, na manhã desta terça-feira (16/04). O protesto foi organizado pela diretoria do Sisejufe com objetivo de pressionar parlamentares e despertar o interesse da população para os efeitos perversos da PEC 6/2019, que, se for aprovada, vai dificultar a aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras do país. Além da abordagem aos cidadãos, os dirigentes distribuíram material informativo e colheram assinaturas contra a proposta predatória do governo Bolsonaro. Para o diretor do sindicato e coordenador da Fenajufe, Ronaldo das Virgens, a mobilização é essencial para que as pessoas percebam o que está em jogo. “Essa proposta, injusta e desumana, prejudica tanto servidores públicos como da iniciativa privada. O sindicato não está só defendo os servidores públicos, mas todos os trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou.

IMG_0308O jornalista e economista Jose Carlos de Assis conversou com o presidente do Sisejufe, Valter Nogueira Alves. Para ele, é preciso mostrar as verdades que estão por trás das mentiras que o governo está propagando. O especialista alerta que a palavra de ordem para o trabalhador e para o cidadão em geral é resistir com todas as forças ao regime de capitalização. “Ele é a cereja do bolo da reforma para o governo mentiroso. Guedes aceitará todas as mudanças que ele próprio considera secundárias em suas propostas de reforma, menos esta. E a razão não tem nada a ver com equilíbrio previdenciário. Tem a ver com os bilhões de reais com que quer encher os bolsos dos banqueiros, da mídia corrupta e dos parlamentares que se vendem. Esses são os inimigos de uma Previdência decente, para a qual queremos contribuir com propostas honestas, no devido tempo”, ressaltou.

SOMBRA NO FUTURO DOS JOVENS

IMG_0307 - CópiaVárias pessoas pararam para ouvir os argumentos contra a proposta. A funcionária pública Tatiana Peres Simaan, que estava embarcando com o filho para Brasília, onde mora, pediu para tirar uma foto ao lado da faixa que chama as mulheres para a luta pela democracia e em defesa da aposentadoria. “Essa reforma significa a retirada de direito adquiridos. E coloca uma sobra no futuro dos mais jovens, como meu filho. Além disso, a população mais pobre vai ser prejudicada”, lamenta.

A diretora do Sisejufe, Soraia Marca, atenta que a Reforma da Previdência é ruim não só para aqueles que vão se aposentar, mas também para os que já estão aposentados. “A migração para um novo sistema vai impossibilitar o pagamento das atuais aposentadorias. Até quem está aposentado tem que acordar e vir para a luta”, conclamou.

Na avaliação do vice-presidente do sindicato, Lucas Costa, é fundamental intensificar ações como essa. “Temos que nos mobilizar, seja pressionando os parlamentares na base ou em Brasília e dialogando com a população para conscientizar dos riscos para a previdência social que estão contidos na PEC 6/2019. Apesar de o público no aeroporto ter um posicionamento mais conservador, para nossa surpresa, houve uma boa receptividade à nossa iniciativa”, disse.

IMG_0332APOIO DA POPULAÇÃO

A veterinária e colunista da Band News, Érica Assunção Araújo, que estava embarcando para São Paulo, elogiou a atividade e deixou sua assinatura contra a proposta. “É importante garantir essa abertura ao diálogo. As políticas públicas precisam ser mais transparentes, com olhar aos menos favorecidos. Parabéns pela atitude de vocês”, destacou a profissional.

Participaram ainda do ato os diretores Lucena Pacheco, Laura Diógenes Oliveira, Amauri Pinheiro e Ricardo Loureiro.

IMG_0298 - CópiaIMG_0320IMG_0322 IMG_0329 (1)IMG_0300 - Cópia IMG_0316 IMG_0336 IMG_0333