SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

DEU NA IMPRENSA: Regime de capitalização é o fim da Previdência pública

Em declaração ao HP nesta terça-feira, 05, o senador Paulo Paim criticou a proposta de capitalização da Previdência, que vem sendo apresentada pelo governo Bolsonaro.

Nesta semana, foi divulgada o que poderia ser a proposta do governo para a Previdência, mas, segundo Paim, “não há nada concreto. Nenhuma proposta foi ainda apresentada”.

Para o senador, no entanto, qualquer proposta que venha no sentido de capitalização significaria “o fim da Previdência”.

“Essa proposta que significa uma poupança privada, acaba com a Previdência pública, e vimos no Chile como foi. No Brasil não será diferente”, disse em relação ao modelo aplicado neste país em que durante 37 anos de privatização da Previdência apenas metade dos trabalhadores conseguiu se aposentar, e ainda aproximadamente 91% dos aposentados recebem benefícios de cerca de meio salário mínimo do país.

“O que eles querem é uma renda mínima ainda menor que o salário mínimo, uma aposentadoria generalizada e estabelecer essa capitalização e isso é o fim da Previdência”, ressaltou.

Segundo o senador, que é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência, novas reuniões serão realizadas essa semana para debater o tema no sentido de apresentar ao governo as propostas dos parlamentares. “Já debatemos muito durante a CPI da Previdência, apresentamos propostas de combate à sonegação, à anistia, demonstrando que ela é superavitária. Vamos reafirmar essas questões”, disse.

Fonte: Hora do Povo – Júlia Cruz