SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

BASTA ZORZENON: Sisejufe convoca servidores para manifestação no dia 16 de agosto durante sessão do Órgão Especial do TRT1

Protesto será em defesa do servidor José Esteves e contra  novo ato autoritário de Zorzenon

 

A direção do Sisejufe e os servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT1), no Rio, mostrarão, mais uma vez, que a mobilização é a única alternativa para enfrentar o autoritarismo que domina a administração do  presidente  do órgão, desembargador Fernando Antônio Zorzenon. A diretoria do sindicato convoca o funcionalismo para manifestação na quinta-feira (16/8), durante sessão do Órgão Especial do TRT1, a fim de pressionar o colegiado a ratificar a liminar obtida no recurso feito pela entidade contra o corte da remuneração do servidor José Esteves.

O funcionário, mesmo comprovando estar com problemas de saúde, fora injustamente demitido por Zorzenon e, em seguida, reintegrado por meio de ação do sindicato. Não satisfeito, o desembargador-tirano mandou cortar os vencimentos do servidor mesmo tendo sido reintegrado.

O protesto do dia 16 de agosto também  será contra outra medida autoritária de Zorzenon que, ao baixar o Ato 131/2018, contrariou decisão do próprio Órgão Especial, prejudicando o funcionalismo do tribunal. O presidente se viu derrotado após longa batalha conduzida pelo sindicato para alterar o Ato 107/2017 e, assim, restabelecer a jornada uniforme de 7 horas com um intervalo intra-jornada de 15 minutos.

Com o Ato 131/2018, Zorzenon desrespeitou decisão do colegiado em mais uma atitude típica de autocrata. A medida viola o intervalo intra-jornada e as horas-crédito, criando a obrigatoriedade de almoço de uma hora para se contabilizar no banco de horas.

Por isso, é de grande importância a participação do funcionalismo na manifestação. Compareça à sessão do Órgão Especial do TRT1 partir das 9h desta quinta-feira. A direção do Sisejufe confeccionou cartazes para os servidores demonstrarem sua completa insatisfação com a Administração de Zorzenon.