SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

PROJETO DO TRF2 sobre estresse organizacional começou na terça-feira, dia 13/03, com visita à área fim

O projeto sobre gerenciamento do estresse organizacional, consolidado a partir das discussões da Subcomissão de Saúde, aprovada através da Portaria TRF2-PTP-2017/00472, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), tem como objetivo promover a saúde e o bem-estar no trabalho a partir da identificação, pelo setor, das fontes de estresse organizacional.

Frente ao atual cenário do Judiciário brasileiro (falta de reposição de mão de obra, aumento do volume de trabalho e das exigências tecnológicas, entre outros fatores), torna-se primordial o investimento no bem-estar laboral e na promoção de saúde, a fim de diminuir o afastamento por doenças intensificadas por esse contexto, além de fortalecer os laços éticos e de colaboração dos setores.

Dessa forma, o projeto atua em duas frentes: prevenção do adoecimento por meio da desarticulação de situações estressantes que podem ser causadas pelo próprio modo como o trabalho está organizado; e através do seu viés participativo e integrador, unindo o setor na reflexão de como o trabalho vem sendo organizado e como esta organização pode promover ou não a saúde no trabalho.

Realização do Projeto
Por se tratar de um projeto de longo prazo, com análise aprofundada de cada setor, o programa, inicialmente, contemplará a Secretaria de Tecnologia de Informação (STI) e a área fim do TRF2 e das Seções Judiciárias e, posteriormente, será dado continuidade à área meio.

Para avaliar o nível de estresse, será aplicada primeiramente uma pesquisa de avaliação do estresse, que definirá o  atual estágio de estresse (exaustão, quase exaustão e resistência) de cada participante; o resultado será enviado ao setor de Psicologia.  Após essa fase, serão realizados três procedimentos: 1) Conscientização por meio da devolução estatística dos dados mencionados; 2) Prevenção e promoção da saúde, com aplicação de questionário para avaliar como os participantes estão se prevenindo frente ao estresse no trabalho e de fornecer-lhes orientações práticas a respeito sobre cuidados com a saúde emocional; e 3) Prevenir o estresse organizacional, com apresentação de relatório incluindo a análise de fontes de estresse e as possíveis intervenções para minimizá-lo.

Cronograma
Na sexta-feira, dia 16, o programa será iniciado na STI. Entretanto, na terça-feira, dia 13, o diretor da Divisão de Atenção à Saúde, Felipe Soeiro, junto com o psicólogo Bruno Farah realizaram visitas aos gabinetes do Tribunal para apresentar o projeto e também agendar as reuniões a partir de abril, seguindo a ordem de antiguidade do magistrado. Nessas reuniões, será devolvido o resultado das avaliações e discutido as principais questões estressantes referentes à área.

Resultados
A subcomissão fomentará, junto à Administração Superior, a promoção de saúde nos setores participantes do projeto, assim como, por meio das sugestões de magistrados e servidores, fornecer subsídios para o aperfeiçoamento do modo como o trabalho está organizado, levando ao incremento da produtividade aliada a um maior sentimento de bem estar no ambiente laboral.

Com informações da Ascom do TRF2

Compartilhe