SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

Comissão Nacional entra na luta pela manutenção dos Quintos

A Comissão Nacional formada por servidores ativos e aposentados do Poder Judiciário e Ministério Público da União atingidos pela proposta que determina a suspensão do pagamento referente aos Quintos esteve no Supremo Tribunal Federal (STF) nessa terça-feira (03/10). A carta pedindo o apoio dos ministros para a manutenção do benefício foi entregue em cada gabinete.

A modulação proposta pelo ministro Gilmar Mendes no julgamento dos embargos de declaração no Recurso Extraordinário 638.115/CE determina a imediata suspensão do pagamento da parcela referente aos Quintos, incorporada entre os anos 1998 a 2001.

O caminho escolhido pelos servidores foi o de tentar sensibilizar os ministros do Supremo, alertando sobre gravidade da situação criada por Gilmar Mendes. “Centenas de servidores terão, de uma hora para outra, parte de seus salários cortados, o que vem causando, além de sentimentos de indignação, insegurança quanto à capacidade de continuar arcando com o sustento de suas famílias”, lamentou a diretora do Sisejufe Soraia Marca. A comissão teve como escopo agregar forças ao trabalho desenvolvido pelos sindicatos e associações, que apresentam argumentos técnicos e jurídicos na tentativa de reverter a decisão do julgado, sendo portanto, uma ação que veio a somar nas lutas em prol da manutenção dos Quintos.

2A Comissão foi formada por meio das redes sociais. Os servidores Eliomar Borges de Jesus (analista TRF1), Cynthia de Moura Orengo (analista MPF – PR/SC), Edmilson Barbosa Ferreira Júnior (analista SIMG/TRF1), Eduardo Mendes Vieira da Gama (técnico aposentado STF), Haroldo Rodrigues Couto (analista STJ), Isaélio Alves da Silva (analista MPU- MPF/PGR), José Alex Alves (analista TRE/RR), Maria Cristina Collares de Sousa (analista SJRS/TRF4) e a diretora do Sisejufe Soraia Marca (técnica TRF2/RJ), formam a comitiva que esteve em Brasília.

Compartilhe