SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

Em total descaso com servidores, Presidência do TRT indefere inclusão de recurso contra Ato 55 na pauta do Órgão Especial

A Presidência do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio extrapolou ao mostrar total descaso e falta de compromisso com o funcionalismo do tribunal. O pedido de inclusão do recurso administrativo da direção do Sisejufe,  na pauta de reunião do Órgão Especial  desta quinta-feira (14/9) para derrubar o Ato 55/2017,  foi negado. O ato estendeu a jornada de trabalho dos servidores para oito horas diárias com mais uma hora de almoço e o sindicato reivindica o restabelecimento das sete horas ininterruptas. No entanto, a Presidência do TRT insiste em ignorar o pleito dos funcionários e da diretoria da entidade de pautar o recurso.

A representante de base Raquel Albano e os diretores do Sisejufe Ricardo Quiroga e Amauri Pinheiro participaram do ato

A representante de base Raquel Albano e os diretores do Sisejufe Ricardo Quiroga e Amauri Pinheiro participaram do ato

“É lamentável que a Presidência do tribunal impeça o recurso de ser pautado, supostamente por conta de um novo ato que trata do horário dos servidores. Em um momento em que tanto se questiona o Legislativo e Executivo por sentarem em cima de projetos de lei e requerimentos importantes, vemos isso se repetir no Judiciário Federal”, critica Ricardo Quiroga, diretor do Sisejufe.

A rejeição do pedido da diretoria do sindicato foi assinada pela vice-presidente em exercício da Presidência do tribunal, desembargadora Rosana Salim Villela Travesedo, no dia 11 de setembro. A solicitação do Sisejufe acabou indeferida  “em vista ao encerramento da pauta da sessão do Órgão Especial, agendada para o dia 14 de setembro”.

Para Quiroga, que juntamente com Amauri Pinheiro, também diretor do Sisejufe, e a representante de base Raquel Albano, participou de manifestação dos servidores durante a sessão do Órgão Especial,  o funcionalismo está sendo tratado de modo aviltante.

Os servidores do TRT continuam na luta pela derrubada do Ato 55

Os servidores do TRT continuam na luta pela derrubada do Ato 55

“Somos humilhados e espezinhados. Aqueles que são responsáveis pela existência e funcionamento do Tribunal, não são prioridade nem são respeitados pela Administração. Entretanto, não vão nos dobrar nem calar. Vamos continuar na luta pela derrubada do Ato 55”, avisou o dirigente.

 

 

Fonte: Imprensa Sisejufe

Compartilhe