SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

Sisejufe percorre gabinetes dos desembargadores do TRT para convencê-los a revogar Ato 55

A direção do Sisejufe vai intensificar o processo de convencimento dos desembargadores do Órgão Especial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio para revogação do Ato 55. Com a instituição do ato, o presidente do TRT, desembargador Antônio Zorzenon, de forma unilateral e antidemocrática, e sem ouvir os argumentos da categoria ampliou a jornada de trabalho dos servidores do tribunal de sete horas ininterruptas para oito horas e mais uma de almoço. De acordo com o diretor do sindicato Ricardo Quiroga, uma comissão continuará percorrendo nesta quinta-feira (13/7) e nos próximos dias gabinetes para conversar com os magistrados.

“O sindicato vem atuando em várias frentes na tentativa de revogar o Ato 55. Além mantermos a mobilização da categoria, a direção do Sisejufe, junto com outros servidores, mantém contato direto com os gabinetes dos magistrados para expor nossos argumentos para os desembargadores. Não vamos esmorecer, vamos conversar com todos eles na tentativa de convencê-los pela revogação”, afirmou Quiroga.

Segundo o dirigente, as tratativas com os desembargadores visam a análise do requerimento administrativo protocolado pelo Sisejufe na Presidência do TRT, reivindicando a derrubada do Ato 55. A previsão é de que o pedido do sindicato entre em pauta na sessão do dia 27 de julho do Órgão Especial.

Nesta quinta-feira (13/7), pela manhã, os diretores do Sisejufe Ricardo Quiroga e Amauri Pinheiro, juntamente  com grupo de servidores, entre eles a técnica judiciária Raquel Albano, promoveram um manifesto durante a sessão do Órgão Especial do TRT. De cartazes em punho, os objetivos eram externar o total descontentamento com a extensão da jornada de trabalho e pressionar os desembargadores a revogarem o Ato 55.

 

Fonte: Imprensa Sisejufe – Max Leone – Texto e foto

Compartilhe