SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

Articulações conduzidas pelo Sisejufe para aprovação do PL 2648 se intensificam nesta semana

O presidente do Sisejufe, Valter Nogueira Alves, atuou durante toda a semana – juntamente com a coordenadora-geral da Fenajufe Mara Weber, o presidente do Sindiquinze Zé Aristéia e o assessor parlamentar Alexandre Marques – em reuniões com Supremo Tribunal Federal (STF), Congresso e Governo para viabilizar a aprovação do requerimento de urgência, que leva a votação do PL 2648 diretamente ao plenário.

valter liderança governo 2 de março

Dirigentes cobram do líder José Guimarães compromisso de votar pedido de urgência

Na terça-feira (1/3), os representantes sindicais se reuniram com o líder do governo, José Guimarães e cobraram compromisso do parlamentar de votar o pedido de urgência 2974/2015, de autoria do próprio líder. Segundo Guimarães, não há nenhuma divergência do Planalto em votar a matéria, mas essa semana o governo trabalha com prioridade no projeto que fixa o teto do funcionalismo. Valter Nogueira informou ao líder sobre o acordo que foi firmado entre o Planejamento e o Supremo, que não altera o percentual de 41,47%, as oito parcelas previstas e a implementação em quatro exercícios, melhorando o percentual de reajuste para o ano de 2016.

O dirigente explicou ao líder a importância de se votar a matéria o mais rapidamente possível, tendo em vista que um dos pontos do acordo foi o aproveitamento dos recursos destinados à implementação do PL entre os meses de janeiro e março, criando uma parcela em abril, e caso não seja apreciado em prazo hábil, a categoria ficará prejudicada. O líder informou que iria ao STF para uma conversa com o presidente Ricardo Lewandowski a fim de discutir exatamente a inclusão do projeto na pauta de votações, mas não precisou em qual dia votaria.

Lewandowski convocou líder do governo e conversará com Mpog

Na noite de terça-feira, o diretor-geral do STF, Amarildo Vieira, recebeu o presidente do Sisejufe e os demais dirigentes sindicais. Amarildo informou que tem conversado diariamente com os técnicos do Planejamento e que a proposta negociada está mantida. O diretor-geral acrescentou que está trabalhando juntamente com o juiz auxiliar Paulo Schimit para que o projeto seja votado no Congresso tão logo haja o aval do ministro. Amarildo informou que naquele momento o presidente do Supremo havia recebido o líder do governo, que se comprometeu a agilizar a tramitação.

Reunião com assessores do Palácio do Planalto

Na manhã de quarta-feira, o presidente do Sisejufe, a coordenadora da Fenajufe, Mara Weber; o presidente do Sindiquinze, Zé Aristeia e o assessor parlamentar Alexandre Marques estiveram reunidos com o secretário de Articulação Social da Presidência da República, Renato Simões para cobrar uma resposta em relação às negociações para agilizar a aprovação do pedido de urgência e votação imediata do PL 2648.

Os presentes informaram ao secretário de Articulação Social que ainda não houve uma resposta do ministro do Planejamento sobre as negociações entabuladas entre o Supremo e os técnicos do Planejamento. E solicitaram ajuda para que a secretaria de governo, através do ministro Ricardo Berzoini, inclua a aprovação do projeto na próxima reunião de líderes da base, que acontece na terça-feira de manhã (8/3), para votar o projeto na próxima semana.

Reunião com líderes do DEM e do PT

os dirigentes Valter Nogueira e Mara Weber conversam com o deputado do DEM Pauderney Avelino

Valter Nogueira e Mara Weber conversam com o líder do DEM Pauderney Avelino

Na tarde de quarta-feira (2/3), os dirigentes se reuniram com o líder democrata Pauderney Avelino, que vem ajudando a categoria na luta pela recomposição salarial nos últimos anos. Valter relatou ao líder que o PL 2648 foi negociado entre o Executivo e o Supremo, que conta com recursos na LOA e que deveria ser implementado a partir de janeiro, mas está pendente de votação. Pediu a ajuda do deputado para solicitar na reunião de líderes a inclusão do requerimento de urgência na pauta de votação da próxima semana.

Ainda na quarta-feira, os dirigentes conversaram com o líder do PT Afonso Florence. Foram explicadas todas as articulações já feitas e o que foi negociado entre Executivo e Planejamento. O líder se comprometeu a levar a questão para a reunião da base, na terça de manhã e, havendo consenso, pautar a reunião de líderes na Câmara, que acontece na terça, às 14h, onde se define a pauta de votações da semana.

O líder do PT, Afonso Florense, se comprometeu a levar a questão para a reunião da base, na terça de manhã

O líder do PT, Afonso Florense, se comprometeu a levar a questão para a reunião da base, na terça de manhã