SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

Deu n’O DIA – Medo cerca oficiais de justiça

Os quase 2.500 oficiais de justiça do Rio estão cheios de histórias repletas de medo para contar. A violência contra os profissionais virou rotina no estado. São casos de sequestro, tortura, ferimentos a bala e até morte, como aconteceu com Francisco Ladislau Pereira Neto, 25 anos, que apenas iria cumprir uma intimação.Para lembrar o assassinato do servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, em Barra do Piraí, no mês passado, o Sindicato dos Servidores das Justiças Federais do Rio de Janeiro convocou um ato para esta quinta-feira, das 15h às 17h, em frente à entrada principal do Fórum Central, no Centro do Rio.A manifestação,com apoio da Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado do Rio de Janeiro, é para chamar a atenção sobre os riscos e ameaças de violência que atingem o trabalho dos oficiais.Sem apoio

Para a sindicalista Mariana Líria, o grupo não conta com apoio algum e ainda é criticado por muitos juízes. Quando pedem colete à prova de balas ou segurança, a resposta é não. Ela relembra que há dois meses um oficial da justiça estadual foi sequestrado e torturado, em Niterói. Acesse a coluna

 

Por Adriana Cruz – O DIA

 

Compartilhe