SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Instagram YouTube

Coluna do Servidor – O Dia: Greve é suspensa no Judiciário Federal no Rio

Rio – Servidores do Poder Judiciário Federal do Rio de Janeiro, do Distrito Federal e de seis estados decidiram suspender a greve da categoria e aguardar um novo posicionamento do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, sobre a tramitação do projeto de lei que reajusta os vencimentos da classe.

Durante o seu discurso de posse, o presidente da Corte se comprometeu em negociar com o Poder Executivo o aumento dos magistrados e dos servidores, mantendo a independência dos poderes.

Recentemente, o Executivo ordenou corte no orçamento do Poder Judiciário e do Ministério Público da União.

A medida impossibilitaria a concessão de novos reajustes para os servidores da Justiça e do MPU. Contrária à decisão, a Federal Nacional , Fenajufe, ajuizou ação no STF questionando o corte. Também impetraram mandados de segurança a Procuradoria Geral da República (PGR) e três associações de magistrados — Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). A ministra do STF Carmen Lúcia será a relatora.

Diante da promessa de Lewandowski, as bases regionais da federação decidiram promover atos públicos para pressionar o andamento do trâmite. Hoje (16/09), os servidores vão se concentrar na porta da sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio, na Avenida Presidente Wilson, no Centro do Rio. 

Na semana passada, a ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber pediu informações à Presidência da República sobre o corte na proposta de aumento de salário aprovado pelos ministros do Supremo. (Leia a coluna)

 

Fonte: Coluna Servidor – Jornal O DIA – Alessandra Horto