SINDICATO DOS SERVIDORES DAS JUSTIÇAS FEDERAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
REDES SOCIAIS
YouTube

Sisejufe abre a semana com assembleia setorial para mobilizar a categoria na luta pelo substitutivo do PL 6.613

Os servidores do Judiciário Federal no Rio começaram a semana com atividades de mobilização da categoria na luta pela aprovação do substitutivo ao PL 6.613/2009

Max Leone*

A Direção do Sisejufe promoveu nesta segunda-feira, de 2 de junho, assembleia setorial na Justiça Federal da Almirante Barroso, no Centro. O diretor do sindicato e coordenador da Fenajufe Roberto Ponciano aproveitou a ocasião para relatar como foi o andamento das negociações com o Supremo Tribunal Federal (STF) para elaborar a proposta que substitui o PL 6.613 a ser enviada ao Congresso e a dinâmica da Reunião Ampliada de federação que ocorreu no último fim de semana.

“O sindicato do Rio tem cumprido sua tarefa e seu dever de convocar e mobilizar a categoria para a luta pela aprovação do substitutivo ao PL 6.613. Há semanas temos feitos assembleias setoriais e passando nos locais de trabalho para conscientizar o funcionalismo. O Rio de Janeiro trabalha para viabilizar uma greve que poderá sair para garantir a tramitação do PL. O que não pode acontecer, e é vergonhoso, a chamada oposição participar da plenária da federação, um evento de âmbito nacional, e acusar a Direção do Sisejufe de não estar organizando a base. O que ocorre na verdade é que esses companheiros não comparecem aos atos convocados pelo sindicato, exceto quando tem votação para eleição de delegados”, criticou Roberto Ponciano, durante a assembleia setorial da Almirante Barroso.

O também diretor do Sisejufe Ricardo de Azevedo Soares destacou que a mobilização da categoria passa a ter um novo patamar com a retomada da tramitação do PL na Câmara. Ele ressaltou que se for necessário decretar uma greve, os servidores deverão ser responsáveis e estar comprometidos com a paralisação.

Os diretores convocaram os servidores para participar da próxima assembleia geral da categoria marcada para quarta-feira, dia 4 de junho, em frente ao prédio da Justiça Federal na Rio Branco, às 12h. Na ocasião será avaliado o indicativo de greve da categoria e eleitos delegados para a próxima reunião ampliada da Fenajufe marcada para o dia 6 de julho, cumprindo deliberação da última ampliada de 1º de junho.

O diretor do sindicato Dulavim de Oliveira Junior, que participou do 1° Encontro Nacional da Fenajufe de Técnicos do Judiciário e do MPU (Encontec) informou que a principal deliberação do evento foi a criação do Coletivo dos Técnicos Judiciários na estrutura da Fenajufe. Segundo ele, o objetivo é fortalecer a luta pela valorização da função e contra a sua extinção.

*Da Redação

Compartilhe